Introdução ao ArangoDB

01/02/2016

Hoje iniciarei uma série de postagens para falar sobre um novo banco de dados: ArangoDB. A documentação no site oficial é bastante completa, porém, por se tratar de um banco relativamente novo, há pouco material em português. Pretendo, com essa série, esclarecer um pouco mais sobre ele em nossa língua nativa. Vamos nessa!

arangoDB

ArangoDB é um banco de dados open source e multi modelo, o que torna bastante flexível o seu uso. Multi modelo porque suporta os modelos de documento, grafo e chave-valor. A grosso modo, é como você tivesse o mongodb, neo4j e redis em um único banco. Fantástico, não é?

O banco possui alguns recursos interessantes:

  •  Possui as propriedades ACID (Atomicidade, Consistência, Isolamento e Durabilidade). Tais propriedades dá uma segurança quanto às informações guardadas no banco;
  • Possui uma query linguagem semelhante ao SQL, chamada AQL;
  • Diferente de outros bancos baseado em documento, o arangoDB suporta JOIN entre suas coleções;
  • Schema-free;
  • Possui um framework interno, chamado Foxx, que permite você implementar micro serviços com javascript mais complexos para sua aplicação;
  • Suporte a replication e sharding. Você pode criar servidores master-slave;
  • Suporte a várias linguagens através de drivers ou api do banco;
  • É multi-threaded;

E muitos outros recursos, que mostrarei ao longo das postagens. No próximo artigo falarei sobre sua instalação e configuração.

Até a próxima!

Mais: First steps in ArangoDB (inglês)